DO POLÊMICA PARAÍBA - SINDUSCON REVELA A FACE DESUMANA DO SETOR PRODUTIVO: “se morrer um, tem dez pra ocupar o lugar”


A nota do Sinduscon (construção civil de João Pessoa) criticando as novas medidas (isolamento social rígido) de enfrentamento à pandemia adotadas pelo Governo estadual e Prefeituras da região metropolitana de João Pessoa é um típico panfleto negacionista.

É também uma carta anti-humanista que expressa desprezo total pela vida humana.

O mundo todo descobriu – contemplando o acúmulo de cadáveres – que isolamento e distanciamento social são eficientes contra a Covid-19. Uma estratégia capaz de poupar vidas.

Todo mundo sabe. Menos os bolsonaristas. Eles são contra o isolamento social. Praticam o negacionismo em defesa do vale-tudo de uma suposta lei do mais forte.

Um pessoal que também quer matar as pessoas com cloroquina, remédio para outras doenças que se mostrou comprovadamente ineficaz no combate ao coronavírus.

A nota ostenta uma arrogância de quem se acha a última tubaína do churrasco.

Tenta intimidar as autoridades ao afirmar que “não esqueceremos” o que está sendo feito.

Mente ao dizer que está havendo lockdown (no lockdown ninguém pode sair para o trabalho, ninguém entra ou sai da cidade, não há serviço de delivery, supermercados não abrem).

E mente ao afirmar que a entidade está sendo tratada de forma intolerante pelas autoridades.

No momento em que o País vive o pico da doença, com mais de mil mortes por dia, quando a Paraíba inicia o mesmo ciclo temerário da elevação dos casos, o Sinduscon quer jogar operários na raia do risco radical.

Uma desumanidade.

Trata-se de segmento social, os trabalhadores da construção civil, sem recursos para fugir de avião em busca de tratamento em centros maiores caso a contaminação leve o sistema de saúde da Paraíba ao colapso.

O sindicato da construção civil desconsidera os riscos e aposta na necessidade de emprego das pessoas. Nesse caso, pratica um misto de capitalismo selvagem (se morrer um, tem dez pra ocupar o lugar) e darwinismo social (quem for mais forte escapa se for contaminado).

Insisto.
Uma desumanidade.

Fonte: Polêmica Paraíba

Créditos: Polêmica Paraíba

Postagens mais visitadas deste blog

Novo tempo: Secretário de Planejamento da Prefeitura do Conde está sendo processado por falsificação de documentos de imóveis

Guarda municipal de Conde armado surta dentro da Base da Guarda no momento em que as guarnições estavam em horário de repouso; assista

NORA DE ALUÍSIO E TATIANA, KARLA PIMENTEL DESCUMPRE JUSTIÇA E FAZ FESTA DO CORONA NO CONDE