DIGA AÍ: Gestão de Pedrito gasta quase R$ 10 milhões com combustível e ultrapassa até CG




Nos últimos cinco anos, Cruz do Espírito Santo, cidade que integra a Região Metropolitana de João Pessoa, gastou R$ 9,6 milhões com combustíveis, de acordo com dados do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). Parece até um valor razoável para uma localidade com 17.461 habitantes, mas se comparado com outros municípios paraibanos com maior populosas e com maiores demandas, o gasto se mostra exorbitante. A cidade era gerida entre 2016 a 2020 pelo prefeito Pedro Gomes Pereira, mais conhecido como Pedrito (PSD).


O ano que menos se gastou foi 2020, por causa da pandemia do novo coronavírus. Cruz do Espírito Santo gastou R$ 670.570 mil com combustíveis, 389.54% a mais que Bayeux, município da mesma região, com 97.203 mil habitantes, em que a despesa foi de R$ 172.140 mil. Gastou 155.74% a mais do que Conde (R$ 430.550 mil), cidade com 24.670 mil habitantes. Usamos como parâmetro comparativo a população por pressupor maior quantidade de demandas.


2016 foi o ano que mais aquele município gastou com erário público com combustíveis, sendo R$ 2.540 milhões. É neste momento que Pedrito conseguiu gastar 25,7% a mais do que a gestão de Romero Rodrigues em Campina Grande. Na Rainha da Borborema, com mais de 400 mil habitantes, foram gastos R$ 2.020 milhões.


Em 2017, Cruz do Espírito Santo gastou R$ 1.75 milhão com combustíveis. Este valor consegue ser 10,75% maior do que Guarabira (R$ 1.580 milhão), cidade localizada no Brejo paraibano, com 59.115 mil habitantes, três vezes mais populosa. 


No ano seguinte, Pedrito aumentou em quase 15% o valor dos pagamentos com combustíveis, desta vez foram R$ 2.011 milhões. Este valor é maior que Pombal (R$ 1.911 milhão), que tem o dobro da população e território quatro vezes maior, totalizando 888,811 km².


Já em 2019, foram R$ 1.660 milhão gastos com esse tipo de despesa, superando Sapé, que pagou R$ 1.5 milhão.










Postagens mais visitadas deste blog

Novo tempo: Secretário de Planejamento da Prefeitura do Conde está sendo processado por falsificação de documentos de imóveis

Guarda municipal de Conde armado surta dentro da Base da Guarda no momento em que as guarnições estavam em horário de repouso; assista

NORA DE ALUÍSIO E TATIANA, KARLA PIMENTEL DESCUMPRE JUSTIÇA E FAZ FESTA DO CORONA NO CONDE