Guarda municipal de Conde armado surta dentro da Base da Guarda no momento em que as guarnições estavam em horário de repouso; assista

 



No serviço do dia 28 de abril, o 3º Inspetor da Guarda municipal de Conde Guerreiro, estava de serviço como armeiro da GM juntamente com o auxiliar GCM Roger, que o avisou que iria para o repouso no alojamento, pois estava muito cansado. 


Logo em seguida o Inspetor Guerreiro que já esteve envolvido em outros episódios na  cidade, por motivo do transtorno psicológico, o inspetor foi até o alojamento armado e falou: aqui ninguém vai dormir, em seguida começou a bater nos armários e deligou o ar-condicionado, escondendo o controle do ar para que ninguémficasse dentro do alojamento, como mostra o vídeo



Essa ação do Inspetor Guerreiro se repetia em intervalo de 10 em 10 minutos, as guarnições que passaram o dia fazendo rondas preventivas na cidade, esperaram o Inspetor se acalmar para pegar de volta o controle do ar e voltar ao repouso, dessa vez um GCM ficou acordado temendo a vida de todos que estavam de serviço.  

O servidor da Guarda Municipal de Conde, Inspetor Guerreiro é responsável por todo o armamento da Guarda Municipal, mesmo o comandante da Guarda Municipal estando ciente de todos os ocorridos envolvendo o servidor e o risco de ter uma pessoa com problemas psicológicos a frente de uma reserva de armas, ele insiste em mantê-lo como responsável por todo armamento da Guarda Municipal.


Todo ocorrido foi repassado para o comandante da Guarda Municipal que até o momento não se pronunciou e não tomou nenhuma providência quanto ao Inspetor Guerreiro. A corporação fica temerosa em trabalhar com o servidor devido o mesmo está sempre armado, podendo em um momento de crise investir contra um companheiro tirando a vida, como já aconteceu em outras corporações de Segurança.

Postagens mais visitadas deste blog

Novo tempo: Secretário de Planejamento da Prefeitura do Conde está sendo processado por falsificação de documentos de imóveis

NORA DE ALUÍSIO E TATIANA, KARLA PIMENTEL DESCUMPRE JUSTIÇA E FAZ FESTA DO CORONA NO CONDE