Cássio busca retirar candidatura de Nilvan junto a Wellington Roberto diante da confusão no PL



Depois de divulgar um áudio em que afirmou que o Governo quer levar o candidato Nilvan Ferreira pra o segundo turno, “porque é um nome mais fraco”, o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) aproveitou também a crise no PL, para tentar barrar a candidatura do radialista em favor do seu filho, Pedro Cunha Lima (PSDB).


De acordo com as informações que fervem nos bastidores da política paraibana, Cássio, que está mais atuante na campanha do seu filho ao Governo do Estado, teria procurado o presidente estadual do PL, Wellington Roberto, para discutir a possível retirada de Nilvan da disputa e apoio da sigla a Pedro.


Na movimentação, Bruno Roberto, que atualmente é candidato ao Senado pelo PL, mas não aparece positivamente nas pesquisas eleitorais, seria indicado como vice do tucano, ocupando o lugar que hoje é de Domiciano Cabral (Cidadania).


O PL teria até o dia 12 de setembro para retirar a candidatura de Nilvan e indicar Bruno para vice de Pedro, conforme prazo divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Postagens mais visitadas deste blog

OUÇA: Crise financeira chega a campanha de Veneziano e fornecedor manda áudio cobrando dívida e fazendo ameaças

Novo tempo: Secretário de Planejamento da Prefeitura do Conde está sendo processado por falsificação de documentos de imóveis