Esposas de Manga Rosa e Malba de Jacumã recebem auxílio emergencial de forma irregular; maridos ganham R$ 11 mil e R$ 7,5 mil



Mais polêmica envolvendo pedidos de auxílio emergencial e políticos da Paraíba vem à tona neste sábado (13). Dessa vez o caso vem da cidade do Conde, município da Grande João Pessoa. As esposas do presidente da Câmara de Vereadores Carlos Manga Rosa e do vereador Malba de Jacumã constam como beneficiárias do dinheiro que é destinado para pessoas desempregadas e microempreendedores com baixa ou nenhuma renda.

De acordo com informações que constam na Transparência federal, Maria Betânia Gomes dos Santos, esposa de Manga Rosa, recebeu o auxílio emergencial no valor de R$ 600 em abril. Já Ana Caroline Pereira da Silva, esposa de Malba, que é MEI, também recebeu os R$ 600 em abril.

Apesar de ser MEI, o salário do marido de Ana Caroline, o vereador Malba, já anula sua possibilidade legal de receber o auxílio, já que o vereador ganha R$ 7.596,60 por mês. Maria Betânia também é impossibilitada, ao menos regularmente, de receber o dinheiro federal, já que Manga Rosa recebe um salário de R$ 11.196,90 mensalmente. Os dados dos salários estão divulgados no Sagres do Tribunal de Contas.

As duas não se enquadram nos critérios do Auxílio Emergencial, que é pertencer à família com renda superior a três salários mínimos (R$ 3.135,00) ou cuja renda mensal por pessoa maior que meio salário mínimo (R$ 522,50).

Ainda segundo informações, nem mesmo com os critérios de renda por membro da família elas atendem as necessidades legais para receber o auxílio.

Quem achou que passaria despercebido, os dados abertos do Governo Federal frustou a intenção. Em ano eleitoral nos municípios, é bom ficar de olho em quem pratica atos irregulares e que ferem os cofres públicos.

Veja provas



Postagens mais visitadas deste blog

Novo tempo: Secretário de Planejamento da Prefeitura do Conde está sendo processado por falsificação de documentos de imóveis

Guarda municipal de Conde armado surta dentro da Base da Guarda no momento em que as guarnições estavam em horário de repouso; assista

NORA DE ALUÍSIO E TATIANA, KARLA PIMENTEL DESCUMPRE JUSTIÇA E FAZ FESTA DO CORONA NO CONDE