Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2021

Tião Gomes lança Adriano Galdino como nome da Paraíba para o Senado em 2022

Imagem
  O deputado estadual Tião Gomes (Avante), disse nesta quinta-feira (25) que o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino, é o melhor nome do Estado para disputar a vaga de senador nas eleições de 2022, na chapa que será encabeçada pelo governador João Azevêdo. De acordo com Tião, por sua liderança indiscutível, experiência administrativa e credibilidade, Galdino reúne as credenciais necessárias e é o nome mais forte para a disputa ao Senado Federal. Tião Gomes afirmou que já vem trabalhando o nome de Adriano Galdino nas suas bases políticas e a aceitação é acima do esperado. “Naturalmente, cabe a Adriano avaliar o cenário para 2022 e decidir se enfrenta esse desafio, mas o importante é que ele tem dentro da Assembleia a maioria absoluta dos deputados ao seu lado e a aceitação popular. Acredito que o nome dele fará parte da chapa encabeçada por João Azevêdo, rumo à reeleição ao Governo do Estado”, argumenta Tião. O vice-presidente do legislativo paraibano

DIGA AÍ: Gestão de Pedrito gasta quase R$ 10 milhões com combustível e ultrapassa até CG

Imagem
Nos últimos cinco anos, Cruz do Espírito Santo, cidade que integra a Região Metropolitana de João Pessoa, gastou R$ 9,6 milhões com combustíveis, de acordo com dados do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). Parece até um valor razoável para uma localidade com 17.461 habitantes, mas se comparado com outros municípios paraibanos com maior populosas e com maiores demandas, o gasto se mostra exorbitante. A cidade era gerida entre 2016 a 2020 pelo prefeito Pedro Gomes Pereira, mais conhecido como Pedrito (PSD). O ano que menos se gastou foi 2020, por causa da pandemia do novo coronavírus. Cruz do Espírito Santo gastou R$ 670.570 mil com combustíveis, 389.54% a mais que Bayeux, município da mesma região, com 97.203 mil habitantes, em que a despesa foi de R$ 172.140 mil. Gastou 155.74% a mais do que Conde (R$ 430.550 mil), cidade com 24.670 mil habitantes. Usamos como parâmetro comparativo a população por pressupor maior quantidade de demandas. 2016 foi o ano que mais aquele munic