Postagens

TCE-PB divulga decisão contra a PMJP à imprensa antes de publicação formal nos autos do processo

Imagem
O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) emitiu, nesta segunda-feira (12), uma medida cautelar para suspensão da contratação do Banco Regional de Brasília (BRB) pela Prefeitura de João Pessoa, para gerir a folha dos servidores do município. Despacho da medida foi do conselheiro Fernando Rodrigues Catão. Uma ação cotidiana do TCE, porém, um detalhe chamou atenção. A informação foi divulgada à imprensa por volta das 12h38, entretanto não constava nos autos eletrônicos do processo (nº 10336/2022) no sistema da Corte em horário anterior. A publicação no sistema aconteceu às 13h31 desta segunda-feira (12), depois da divulgação. De acordo com os documentos do TCE, a decisão de Catão foi realizada no dia 7 de dezembro de 2022. Entretanto, essa ação não consta nos autos eletrônicos do processo, que tem atualizações nos dias 5 e 6, e pula para o dia 9 de dezembro, sem registrar a decisão do conselheiro sobre o caso. O processo voltou a ter atualizações somente nesta segunda-feira (12)

QG Cunha Lima é abandonado pela classe política na reta final e só as contas estão chegando na mesa de Domiciano; família começa a reagir preocupada

Imagem
  “Chega. Tá bom. Domiciano não vai mais investir nada num negócio que degringolou. A gente tá vendo. Aí fica esse tal de Manoel inventando pesquisa e Cássio azucrinando o juízo dele pra continuar nessa coisa que todo mundo já sabe que não tem mais futuro”. O desabafo teria ocorrido ontem entre um familiar do candidato a vice de Pedro Cunha Lima, o empresário da construção civil Domiciano Cabral, e figuras da cúpula da campanha tucana nesta reta final do segundo turno. O fato em si revela a reviravolta que aconteceu no bunker tucano, que começou com ótimas perspectivas nos primeiros dias após o segundo turno e foi minguando até chegar nesse estágio na reta final: sobrando dívidas e faltando recurso até para as bandeiras e equipes nos sinais de trânsito.  De acordo com analistas e políticos experientes, a sucessão de erros acumulados justificam o desânimo e a desorganização nesta reta final de campanha. Eles apontam que o primeiro grande erro foi anunciar Veneziano Vital antes de Nilvan

Áudio vazado: vereador de Alagoa Grande aliado de Pedro Cunha Lima faz ‘compra de votos’ com promessas de cargos

Imagem
O vereador Aquillis de Tatá (PSC), do município de Alagoa Grande, está prometendo cargos no Governo do Estado em troca de votos para o seu aliado, o candidato Pedro Cunha Lima (PSDB). O próprio parlamentar confessa a tentativa de compra de voto através de um áudio enviado no WhatsApp. O aliado de Pedro promete claramente um emprego, é o que constata-sé nova áudio vazado.  “Temos que votar em Pedro. Porque esses empregos do Estado com João vão continuar os mesmos. Com Pedro vai renovar os empregos do Estado. Tá doido? Vai colocar você ou Nitinho para trabalhar. É um ‘mói’ [monte] de emprego novo, esse pessoal vai ficar trabalhando do mesmo jeito, não vai servir de nada”, afirma Aquiles de Tata. O vereador já foi visto cumprindo agendas ao lado de Cássio Cunha Lima, pai e mentor de Pedro, na cidade. OUÇA

OUÇA: Crise financeira chega a campanha de Veneziano e fornecedor manda áudio cobrando dívida e fazendo ameaças

Imagem
Um dos coordenadores da campanha do candidato do MDB ao Governo, Veneziano Vital, o radialista Fabiano Gomes está sendo cobrado publicamente em um áudio por um fornecedor que cedeu equipamentos para o Guia Eleitoral e não recebeu pelos serviços.  O áudio do fornecedor cobra uma suposta dívida e chega até a ameaçar que vai tirar todos os equipamentos locados por Fabiano para a campanha. Ouça abaixo

CONDUTA VEDADA: PREFEITO DE ZABELÊ FAZ ATO POLÍTICO PARA PEDRO CUNHA LIMA EM ESCOLA PÚBLICA

Imagem
O prefeito de Zabelê Dalyson Neves (PSDB) realizou um ato político na Quadra da Escola Municipal Maria Bezerra da Silva, na noite desta sexta-feira (17), conduta vedada pela legislação eleitoral. No evento, Dalyson fez pedido de voto para o candidato a governador Pedro Cunha Lima (PSDB), para o candidato ao Senado Efraim Filho (União Brasil) e também para o candidato a deputado estadual, Michel Henrique. De acordo com o Código Eleitoral, é proibido ceder ou usar, em benefício de candidato, partido político ou coligação, bens móveis ou imóveis pertencentes à administração direta ou indireta da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Territórios e dos Municípios, ressalvada a realização de convenção partidária. O convite para o evento (imagem acima) foi realizado pelo próprio prefeito nas redes sociais, que discursou durante o evento. 

EX-VICE-PREFEITA PRESA POR FORMAÇÃO DE QUADRILHA SE TORNA FORNECEDORA DA CAMPANHA DE PEDRO CUNHA LIMA

Imagem
A ex-vice-prefeita de Itaúba, Rosane Massaro Rebussi, que já foi presa por suspeita de invasão de terras e formação de quadrilha se tornou fornecedora da campanha do candidato ao Governo da Paraíba, Pedro Cunha Lima, nas eleições 2022. O tucano alugou uma aeronove bimotor para Rosane no valor de R$ 120 mil, de acordo com descrição de despesas ao Tribunal Superior Eleitoral. O caso da prisão de Rosane aconteceu em 2015. De acordo com a imprensa mato-grossense, a prisão foi decretada pela justiça, após denúncias apontarem crime de invasão de terras no município de União do Sul, praticado pela ex-vice-prefeita. Além disso, ela também foi acusada de formação de quadrilha e porte ilegal de arma de fogo. Rosane chegou a ficar detida na Cadeia Pública Feminina de Sinop. Rosana, como usa seu nome eleitoralmente, foi candidata a prefeita de Itaúba (MT) em 2016, mas foi derrotada para o único candidato adversário.

Assista: Adjany acusa Veneziano de participar de “golpe” contra Dilma Rousseff

Imagem
  Durante o debate televisivo entre os candidatos ao governo do Estado da Paraíba promovido pela TV Borborema nesta segunda-feira (05), a candidata a governadora pelo PSOL, Adjany Simplício acusou o candidato Veneziano Vital do Rêgo (MBD) de participar do “golpe contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT)”. Adjany destacou que o Brasil vive um período de “recrudescimento da democracia e de avanço do totalitarismo do avanço do estado fascista” e questionou a posição de Veneziano a respeito do atual cenário. Em sua resposta, Veneziano disse que votou contra a reforma da trabalhista, contra a reforma da previdência, contra a privatização da Eletrobras e convidou a candidata a “se informar melhor”. Ele ainda frisou que o candidato a presidente pelo Partido dos Trabalhadores, Luiz Inácio Lula da Silva, confia em sua candidatura e o escolheu para ser seu candidato na Paraíba. “Fui escolhido como candidato pelo presidente Lula e se o presidente Lula não tivesse confiança em mim, não soubesse q

Candidato a deputado estadual, médico ligado a Pedro Cunha Lima invade e distribui santinhos em Hospital Público da Grande João Pessoa

Imagem
Com muita indignação, decepção e sobretudo, tristeza, noticiou-se nas redes sociais uma invasão ao Hospital Clementino Fraga pelo médico Pneumologista, candidato a Deputado Estadual (PSDB), Dr. Alexandre Augusto Ramalho Araruna (CRM: 6391-PB).  De médico competente na sua atuação profissional ao invasor de hospitais públicos para “benefícios próprios”. Nos últimos dias, uma cena lamentável circulou nas redes sociais, a partir do instante em que o Dr. Alexandre Araruna, invadiu sem autorização prévia o Hospital Clementino Fraga, local de sua atuação profissional, e passou a visitar os profissionais de saúde, com a distribuição de panfletos.  No caso, o profissional e Candidato a Deputado Estadual, explicitamente, descumpriu a Lei nº 9.504/1997, através de propaganda irregular, em estabelecimento público de saúde.  Também houve, nitidamente, infrações éticas em acordo com a Cartilha de Orientações Éticas e Jurídicas para os Médicos Candidatos a Cargos Eletivos, emitido pelo Conselho Regi

Cássio busca retirar candidatura de Nilvan junto a Wellington Roberto diante da confusão no PL

Imagem
Depois de divulgar um áudio em que afirmou que o Governo quer levar o candidato Nilvan Ferreira pra o segundo turno, “porque é um nome mais fraco”, o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) aproveitou também a crise no PL, para tentar barrar a candidatura do radialista em favor do seu filho, Pedro Cunha Lima (PSDB). De acordo com as informações que fervem nos bastidores da política paraibana, Cássio, que está mais atuante na campanha do seu filho ao Governo do Estado, teria procurado o presidente estadual do PL, Wellington Roberto, para discutir a possível retirada de Nilvan da disputa e apoio da sigla a Pedro. Na movimentação, Bruno Roberto, que atualmente é candidato ao Senado pelo PL, mas não aparece positivamente nas pesquisas eleitorais, seria indicado como vice do tucano, ocupando o lugar que hoje é de Domiciano Cabral (Cidadania). O PL teria até o dia 12 de setembro para retirar a candidatura de Nilvan e indicar Bruno para vice de Pedro, conforme prazo divulgado pelo Tribunal Superi