Após pedido de procuradores da Lava Jato a Aras, paraibano Eitel Santiago pede demissão da PGR


O paraibano Eitel Santiago, através de carta, pediu demissão nesta quarta-feira (5), do cargo de secretário geral do Ministério Público da União. O pedido foi direcionado ao procurador-geral, Augusto Aras.

O pedido ocorre após integrantes do Conselho Superior do Ministério Público Federal solicitarem a Augusto Aras que avaliasse a oportunidade e conveniência na manutenção de Eitel Santiago na função de secretário-geral da instituição, após entrevista dele a CNN, na qual fez críticas e acusações às forças-tarefas, como a da Lava Jato, e disse que o presidente Jair Bolsonaro chegou ao posto por intervenção dívida.

Confira carta

João Pessoa, 04 de agosto de 2020

Caro Augusto Aras

Agradeço a oportunidade que me concedeu de prestar um serviço ao nosso país, exercendo a elevada função de secretário geral do Ministério Público da União.

No momento, por motivos de foro íntimo, decidi permanecer no meus Estado. Por isso, peço, em caráter irretratável, exoneração a partir desta data.

Respeitosamente,

Eitel Santiago de Brito Pereira. 

Postagens mais visitadas deste blog

Novo tempo: Secretário de Planejamento da Prefeitura do Conde está sendo processado por falsificação de documentos de imóveis

Guarda municipal de Conde armado surta dentro da Base da Guarda no momento em que as guarnições estavam em horário de repouso; assista

NORA DE ALUÍSIO E TATIANA, KARLA PIMENTEL DESCUMPRE JUSTIÇA E FAZ FESTA DO CORONA NO CONDE