NA PANDEMIA: Daniella vota a favor de derrubada de veto para permitir reajuste salarial a profissionais da segurança pública e da saúde


A senadora Daniella Ribeiro (Progressistas-PB) votou nesta quarta-feira (19), na sessão remota do Senado Federal, a favor da derrubada do veto 17/2020, beneficiando, assim, servidores, como policiais e profissionais da saúde, diretamente envolvidos no combate à pandemia. O projeto recebeu veto presidencial com justificativa de que sua aprovação viola o interesse público por acarretar em alteração da economia potencial estimada. O veto 17/2020 foi feito ao Projeto de Lei 39/2020, que previa reajuste salarial para diversas categorias envolvidas no combate direto à pandemia do novo coronavírus. O veto foi derrubado por dois votos. 

Dentre os profissionais a serem beneficiados pelo projeto estão, além de policiais civis, militares e servidores da saúde, peritos, agentes socioeducativos, profissionais de limpeza urbana, serviços funerários e assistência social, trabalhadores da educação pública e profissionais de saúde. 

Em sua fala, Daniella destacou que os baixos salários pagos a profissionais da segurança pública, que saem de suas casas diariamente com a missão de proteger o cidadão, arriscando suas vidas, inclusive com o risco de contrair o novo coronavírus. “Não existe para esses profissionais, como é possível para tantos outros segmentos, a possibilidade do trabalho remoto. Eles não podem parar suas atividades, não podem ficar em casa”, frisou a senadora. 

Daniella destacou a realidade vivida por policiais civis e militares na Paraíba, assim como os demais profissionais que estão no combate direto à pandemia. “São pessoas que doam suas vidas em defesa da sociedade, se arriscam diuturnamente para manter a ordem e segurança pública. Nessa situação de excepcionalidade gerada pela pandemia estão diretamente expostos ao contágio e a morte causados ou decorrentes do coronavírus”, afirmou.


Postagens mais visitadas deste blog

Novo tempo: Secretário de Planejamento da Prefeitura do Conde está sendo processado por falsificação de documentos de imóveis

Guarda municipal de Conde armado surta dentro da Base da Guarda no momento em que as guarnições estavam em horário de repouso; assista

NORA DE ALUÍSIO E TATIANA, KARLA PIMENTEL DESCUMPRE JUSTIÇA E FAZ FESTA DO CORONA NO CONDE