Karla Pimentel usa mídia para atacar PM e desacreditar lisura da Justiça Eleitoral




A candidata a prefeita do Conde, Karla Pimentel (PROS), está usando a mídia para atacar o trabalho da Polícia Militar da Paraíba e descredibilizar a lisura e credibilidade da Justiça Eleitoral da Paraíba. publicações que circulam neste sábado (17) tentam colocar em xeque a atuação das instituições por conta de dois episódios envolvendo a nora de Aluísio Régis e Tatiana Lundgren.


Nos textos há a indicação de ação policial dolosa, com intenção de culpar a PM por tiros disparados supostamente com intenção de atingir o carro de Karla, caso que aconteceu semanas atrás. “Depois de ter tido seu carro alvejado de tiros em uma ação policial”, diz trecho das publicações.


Com relação a justiça, a situação chega a ficar ainda mais vexatória. Criticando uma decisão judicial que suspendeu a inauguração de um comitê de Karla Pimentel, os textos, com tons de defesa da candidata, buscam descredibilizar o trabalho da Justiça Eleitoral, e mais especificamente da Juíza Eleitoral da 3ª Zona, Lilian Frassinetti Correia Cananéa.


“Márcia usa da justiça para tentar pôr amarras em Karla”, diz trecho do texto, dando a entender que a Justiça está sob o controle da prefeita e candidata à reeleição Márcia Lucena, quando na verdade só prestam seu serviço de maneira limpa, no campo do direito e forma democrática.


Além de atacar a PM e a Justiça Eleitoral, os textos chegam a citar números que passeiam pelo crime eleitoral e as fake news, ao incitar pesquisas eleitorais sem registro e dados que não existem.

Postagens mais visitadas deste blog

Novo tempo: Secretário de Planejamento da Prefeitura do Conde está sendo processado por falsificação de documentos de imóveis

Guarda municipal de Conde armado surta dentro da Base da Guarda no momento em que as guarnições estavam em horário de repouso; assista

NORA DE ALUÍSIO E TATIANA, KARLA PIMENTEL DESCUMPRE JUSTIÇA E FAZ FESTA DO CORONA NO CONDE