Secretário diz que ‘não há como conter’ chegada da variante Delta na PB


O secretário de Saúde Geraldo Medeiros comentou, em entrevista nesta sexta-feira (13), que não há como evitar a chegada da variante Delta, da Covid-19, no Estado. Conforme ele, foi configurada a transmissão comunitária em Pernambuco e há casos confirmados no Ceará, mas caso seja identificada na Paraíba, os efeitos da nova cepa serão menores devido à cobertura vacinal contra a doença.

“Não há como conter a transmissão dessas variantes. A Paraíba hoje tem o segundo menor percentual de ocupação de leitos no país”, declarou.

O chefe da pasta estadual ressaltou a importância da imunização e lembrou que a população deve estar atenta à segunda dose. Medeiros também destacou que na Paraíba, 3,2 milhões de pessoas já receberam a primeira dose.

“Esperamos 250 mil doses semanalmente. O Ministério da Saúde já confirmou 60 milhões de doses distribuídas em todos os estados e a vacinação será mais célere”, comentou.

Geraldo Medeiros ainda tratou da morte do ator Tarcísio Meira, vítima da Covid-19 na quinta-feira (12). Conforme ele, apenas 3,65% das pessoas que tomaram as duas doses contra a doença podem ir à óbito segundo dados nacionais. Além disso, o ator tinha 85 anos e era fumante.

Postagens mais visitadas deste blog

Novo tempo: Secretário de Planejamento da Prefeitura do Conde está sendo processado por falsificação de documentos de imóveis

Escândalo: Veja documento que a presidente da FPF tem colocado clubes para assinar para garantir votos para eleição

Porta-voz de RC anuncia candidatura de Veneziano com apoio de Lula