Além de propinas, Dra Paula já acusou marido de tirar R$ 200 mil da prefeitura para dar carro a amante

A cada dia complica um pouco mais a situação da deputada estadual Doutora Paula com a Justiça. Nos próximos dias ela deve ser convocada pelo Ministério Público Estadual (MPPB) para explicar uma declaração dada durante sessão da Assembleia Legislativa essa semana. Comparando os salários dos deputados com o dos policiais militares, ela disse que muitos parlamentares, sem especificar se estadual ou federal, recebem outros rendas e “muitos ainda recebem propina”. 


O MPPB instaurou uma Notícia de Fato para apurar o fato e deve convocar a deputada Paula para dar explicações sobre sua denuncia feita de forma generalizada. Nesta ocasião, a parlamentar poderá explicar aos promotores as propinas recebidas pelo seu esposo, o prefeito de Cajazeiras, ex-deputado e prefeito de Cajazeiras. Quem acusa e afirma ter prova que o esposo da deputada Paula recebe propina é o prefeito de São João do Rio do Peixe, Luiz Claudino.


Além das supostas propinas recebidas por Zé Almedir, a deputada também poderá explicar ao MPPB denúncia que fez em 2020, quando acusou o marido de presentear uma amante com um carro de luxo no valor de R$ 200 mil. Segundo ela, o carro teria sido comprado com recursos públicos, da Prefeitura de Cajazeiras, desviado das áreas de Saúde e Educação.  





“Não se pode tirar dinheiro da saúde das pessoas, da educação, para dar carro de R$ 200 mil a uma mulher que não trabalha e quer viver às custas do prefeito, amante de prefeito, de autoridade. Não podemos compactuar e eu não vou compactuar com isso. Agora, as pessoas têm que trazer as provas e ele tem que dar satisfação à população, que merece respeito. Quem o elegeu, não foi para desviar dinheiro da pobreza para locupletar alguém que não trabalha e não traz qualquer benefício a Cajazeiras”, disse a deputada em uma entrevista de rádio.


O caso do carro de luxo dado a amante por Zé Aldemir voltou a tona esta semana, após a polêmica da fala da deputada. Veja no link (....) o vídeo da entrevista, na qual Doutora Paula acusa o marido de dar presente milionário a amante com dinheiro público.  


Relembre o Caso das Propinas

 No caso das propinas, quem acusa e afirma ter prova que o esposo da deputada Paula recebia dinheiro irregular é o prefeito de São João do Rio do Peixe, Luiz Claudino. (Ouça a afirmação de Claudino). A afirmação foi feita ao vivo durante entrevista a rádio Oeste da Paraíba. 


“Eu tenho provas que ele recebe propina, eu tenho provas que ele me extorquiu. 40 mil reais para ir para a Europa com sua família. Eu desafio ele. Venha, Zé Aldemir, atrás de mim! Venha atrás do povo de São João! Você não é honesto, você e fraco! Venha agora ou quer que eu vá para Cajazeiras para provar quem é honesto, quem recebe propina, quem extorque?”, declarou Luiz Claudino.


O curioso nesse caso é que o próprio Zé Aldemir admitiu que pediu dinheiro para o grupo do gestor da cidade vizinha. Segundo o prefeito e ex-deputao, ele estava apertado na reta final de campanha e pediu R$ 200 mil, mas se queixou que só teria recebido R$ 50 mil. (Ouça a confissão de José Aldemir).


“Como eu estava num aperto muito grande – só aqui eu paguei mais de 200 mil reais ao marqueteiro – eu tinha que conseguir recursos para terminar a campanha, mais nada do que isso. Eles assumiram o compromisso comigo de me ajudarem com 200 mil reais, só que não honraram. Apenas foram liberados 50 mil”, disse o prefeito.

Postagens mais visitadas deste blog

OUÇA: Crise financeira chega a campanha de Veneziano e fornecedor manda áudio cobrando dívida e fazendo ameaças

Cássio busca retirar candidatura de Nilvan junto a Wellington Roberto diante da confusão no PL

Novo tempo: Secretário de Planejamento da Prefeitura do Conde está sendo processado por falsificação de documentos de imóveis